Home

“Não, não se trata de reflectir sobre decisões em concreto, pelo menos para já”, avisou-me L.

Aceitei, claro…

L tinha decidido não se ver à luz de decisões em concreto; eu decidi estar de acordo. Tornou-se, claramente, mais fácil a discussão que se seguiu. 

Uma decisão é fundamental na criação do novo eu que se altera a cada instante. Tem é que ser acompanhada pela acção para que a decisão aponta.

Costumo olhar para aqueles para quem falo, e acontece-me encontrar nas suas expressões a dúvida sobre o que estou a dizer. Acho-o natural: afinal estou longe de ser um cientista, e acredito que atingir o conhecimento puro e total é impossível… Porque me haviam de aceitar?  Ainda assim, quando descubro esse estado (de dúvida) torno-me, habitualmente, provocador, e estou aqui para validar consigo, que está a ler este artigo, se é ou não verdade que:

se alguém numa audiência duvida daquilo que foi dito em algum momento da apresentação, então, vai deixar de escutar o que se diz, dado que estará é a ‘validar’ a sua verdade, obviamente, diferente da que eu apresento.

Todos os pequenos detalhes de que falei acima são dependentes de uma decisão. Uma decisão individual. (Só há decisão colectiva quando o indivíduo que faz parte do grupo — cada um dos seus membros — decidiu aceitar a opinião em concreto, ou decidiu por-se do lado dos outros participantes, ou, o que é pior, decidiu desistir de si mesmo). Decido se olho para o chão, pela janela, ou para as roupas dos membros da minha audiência; decido falar de forma calorosa ou neutra; os participantes decidem rever os seus próprios conceitos antes de ouvir até ao fim o conceito que lhes está a ser desenhado, ou decidem ouvir ‘para terem uma noção do que se diz’.

Se alguém que decidiu ir a uma apresentação, decide ir lá para rever os seus próprios conceitos, a decisão é dele.

Vai ouvir e estar atento a cada detalhe do que for dito? Não…

Vai poder verificar exactamente a coerência do que ouve — nomeadamente numa sala em que encontre muita gente animada? Não parece fácil, pois não?!?

Mas é assim que está a maioria das pessoas numa audiência: estão lá, mas…não decidiram ainda se querem continuar ali. Infelizmente, vê-se muita gente a estar em sítios onde decidiu entrar e que não está lá, efectivamente, quando o seu corpo o ali levar.

O que acontece é que decidiram, estes, não estar abertos a novas formas de pensar, ou a nem participar efectivamente naquilo a que decidiram ir. Bom, depois não aproveitam a vantagem de conhecer um conceito novo (não obrigatoriamente o melhor, é certo) ou de fruir o emprego que decidiram aceitar, por exemplo.

Será fácil ouvi-los dizer, depois de saídos daquela sessão ou do trabalho, que nada depende deles e que são apenas mais um, mas,…

Será que o empenho não é reconhecido como motor para o crescimento?

Será que podemos decidir apaixonarmo-nos por algo ou alguém e de seguida não agirmos para que a paixão de alimente?

‘Eu sou eu, a minha circunstância e as minhas decisões’

O que eu decidir fazer não altera muito, ou quase nada, na minha circunstância; mas se o que eu decidir fazer for acompanhado por uma acção empenhada… terei mudança.

Só serei genuíno quando acompanhar o que digo com o que faço. Só serei eu se for genuíno.

…………………………………………………………………………………………………………………………………..

Nota:

Este artigo foi inspirado por um post tardio da Ana Medeiros, no Facebook, em que ela dizia, provocadora:

“Se eu sou eu porque tu és tu, e tu és tu porque eu sou eu, então nem eu sou eu nem tu és tu. Mas se eu sou eu porque eu sou eu, e tu és tu porque tu és tu, então, sim: tu és tu e eu sou eu!!!” (Porchia)

A reflectir…

…………………………………………………………………………………………………………………………………..

… e alguma dessa luz chegou até aqui!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s